Os amantes da cozinha consideram a prática de misturar, preparar e cuidar dos alimentos um momento divertido. Todo esse amor pela culinária resulta em pratos deliciosos, que se tornam um hobby para quem os faz. Porém, o artigo de hoje queremos falar especificamente sobre o que é a Cozinha Terapêutica!

Aliada ao combate do estresse e ansiedade, a cozinha terapêutica é basicamente a relação emocional entre quem cozinha e o preparo das refeições. Muitas vezes é na hora de preparar os alimentos que a pessoa se desliga dos problemas e preocupações do dia a dia, usando toda a sua criatividade na hora de cozinhar.

De acordo com um estudo publicado no The Journal of Positive Psychology, cozinhar está entre a lista de atividades criativas que ajudam a combater a depressão e a ansiedade.

Por meio da gastronomia, é possível promover o bem-estar e o autoconhecimento. A Cozinha Terapêutica é utilizada para melhorar habilidades sociais, a memória e amenizar o estresse, sendo indicada para qualquer um que busque uma rotina mais prazerosa. Confira os benefícios dessa prática:

 

Faz bem ao coração

Cozinhar e comer ativam nosso sistema nervoso parassimpático, que é responsável por regular as ações involuntárias do corpo, como a respiração e os batimentos cardíacos, por exemplo.

 

Desenvolve a criatividade

Nem sempre a ideia inicial do seu prato é concluída, pode ser por falta de algum ingrediente ou porque você mudou de ideia, nesse caso você precisa usar toda a sua criatividade para reinventar tal receita e criar algo novo.

Com o tempo você aprende combinações novas, temperos que brincam com o sabor e isso faz com que você se abra para o novo e desenvolva a sua inteligência. A cozinha terapêutica te permite ser mais autoconfiante, desenvolvendo habilidades muito úteis dentro e fora da cozinha.

 

Promove o desenvolvimento pessoal

Cozinhar demanda coordenação e consciência sensorial, além de gerenciamento de tempo.

A Cozinha Terapêutica é também uma lição sobre espera e recompensa. Afinal, você aprende a administrar o seu tempo, aprendendo a respeitar todos os processos do preparo e ao concluir o seu prato favorito você entende que cada segundo investido na preparação valeu à pena.

 

Resolução de problemas e tomada de decisões

Cozinhar é algo imprevisível, mesmo seguindo receitas, um minuto a mais ou a menos podem comprometer o resultado final do prato.

É por isso, que quem cozinha é obrigado a tomar decisões rápidas e resolver problemas em minutos. Entre as habilidades trabalhadas na gastronomia podemos citar: aprender a tomar decisões em pouco tempo, ser organizado e melhorar a eficiência.

 

Uma prática relaxante

Concentrar-se no preparo das refeições pode ser uma verdadeira forma de meditação mindfulness. Assim, cozinhar se torna uma atividade relaxante.

Você deve apreciar cada etapa do preparo, aprendendo e absorvendo tudo enquanto estiver cozinhando, essa é uma forma excelente forma de relaxamento e terapia.

Viu quantas vantagens e benefícios você pode adquirir praticando a Cozinha Terapêutica? Para te ajudar a dar o primeiro passo nessa jornada clique aqui e tenha acesso a receitas deliciosas, fáceis e incríveis para você começar a sua terapia culinária hoje mesmo.

Fonte: https://blog.livup.com.br/cozinha-terapeutica-o-que-e-e-quais-sao-seus-beneficios/

Fique por dentro de todas as novidades da Label Rouge

Oferecemos uma linha completo de produtos tradicionais criados com carinho.

Nossa granja fica em Porto Feliz, interior de São Paulo, cidade onde começamos nosso trabalho há 30 anos.